Qual dos novos Banners é seu favorito?

Toda Quarta-feira!

Avatar

Top Battles - Fairy Tail

sábado, 9 de junho de 2012



Yo minna-san! Hoje vim trazer um Top com as melhores batalhas que já ocorreram no anime Fairy Tail, batalhas que além de serem épicas, tiveram um significado por trás. Tem spoilers mortais a frente e alguns termos que apenas quem já viu bastante Fairy Tail pode entender. Então se ainda está no começo ou ainda não viu, é sua decisão ler ou não.

Essa luta foi uma surpresa para todos; já havia sido mencionado anteriormente que Mirajane tinha um enorme poder, mas não dava para imaginar o quão impressionante era esse poder. A luta começou após Freed torturar Elfman (irmão de Mirajane) por tentar novamente entrar na batalha da Fairy Tail. Ao ver aquilo, ao sentir que seu irmão poderia morrer, Mirajane lembrou do que aconteceu com sua outra irmã, Lisanna. Mirajane ao perde-la criou uma espécie de bloqueio para seu poder e nunca mais o havia usado, porém naquela situação liberou sem pensar duas vezes seu poderossísimo Take Over (magia de possesão), Satan Soul. Após isso não foi bem uma luta, mas sim um massacre. Mesmo Freed sendo poderoso, não teve a menor chance contra a Mirajane que durante todo o tempo dominou por completo a luta, desferindo poderosas magias. Freed teve sua derrota iminente e após isso Mirajane foi capaz de continuar usando seu poder pela Fairy Tail.


A aliança das guildas já estava no meio do combate contra a poderosa guilda das trevas, Orácion Seis, quando Lucy se viu arrastada para esse combate. A luta começa quando Lucy salva Natsu de ser morto por Gemini, um espírito celestial de Angel. Após usar suas habilidades, Gemini deixa todos incapacitados de lutar, com a exceção de Lucy e é nesse momento que Angel se mostra e diz também ser uma maga celestial (sim, essa é a única grande luta de mago celestial VS mago celestial até o momento no anime). Angel então diz que roubou todas as chaves dos magos celestiais com quem já lutou e que quer as de Lucy, além de mostrar saber usar muito bem seus espíritos, fazendo com que, não importasse qual espírito Lucy usasse, fosse derrotado. Ela deve isso a sua habilidade de conseguir abrir dois portões ao mesmo tempo e ao fato de ser cruel e não ligar para seus espíritos, demonstrando isso ao sacrificar Aries para derrotar Leo. Lucy não consegue entender como uma maga celestial pode ser assim com seus espíritos e pede para que Angel libere Aries do contrato, pois já foi muito maltratada por sua dona anterior (Karen). Lucy oferece qualquer coisa, com exceção de suas chaves, Angel então escolhe sua vida, porém Gemini não foi capaz de acabar com Lucy, pois percebeu que seus sentimentos pelos espíritos eram genuínos e então Hibiki entra no combate para passar o conhecimento da poderossísima magia "Urano Metoria" para Lucy, para que ela assim pudesse acabar com a batalha.


Ultear tenta enganar Gray para que ele ten enfrente Hades e acabe morrendo, uma espécie de vingança. Porém Gray percebe e acaba voltando dando início a luta. Ultear decide enfrentá-lo com todas as forças, Gray por sua vez decide lhe dar uma lição por ser, segundo ele, uma "filha ingrata". Logo no começo da luta fica claro que Gray não teria chance com sua Magia de Criação, pois a Toki no Arc (Arca do Tempo) de Ultear pode controlar o tempo dos objetos e o gelo de Gray era constantemente levado ao futuro e vaporizado. Gray então decidi fundir seu gelo com seu sangue para que assim a magia de Ultear perca o efeito. Ultear então mostra sua carta na manga, magia de criação assim como sua mãe Ur (mestra de Gray). Ele fica surpreso ao poder ver a forma dessa magia mais uma vez, Gray não consegue entender como Ultear ficou desse jeito e durante o combate acabam caindo no mar. É nesse momento que as razões de Ultear são explicadas, odiava sua mãe por ter sido abandonada e porque quando finalmente conseguiu fugir, encontrou sua mãe feliz com outras crianças. Após isso aumenta seu poder mágico para poder se vingar de sua mãe e assim conhece Hades que lhe ensina a Arca do Tempo, que se fosse ao Mundo das Grandes Magias, poderia viajar no tempo livremente e assim reconstruir sua vida ao lado de sua mãe, que na verdade nunca a abandonou e a amava muito. Gray então finaliza a luta com uma incrível magia, Gungnir de Gelo.


Erza encontra Azuma enquanto ainda estava a procura de Wendy, descobre por ele que seus amigos não estão em uma situação muito boa e que até mesmo Mirajane foi derrotada por ele (ela estava com seu poder mágico bastante reduzido, mas não vamos tirar o mérito de Azuma). Erza então decide derrotá-lo dando início ao embate, porém ele revela sua magia secreta e derruba a árvore de Tenroujima drenando assim o poder mágico de todos menos o de Erza, com quem gostaria de lutar com tudo. Após isso o peso da vida de todos recai sobre os ombros de Titania, que precisa vencer para que assim todos possam recuperar seu poder mágico. A luta então fica mais feroz com Azuma lançando vários ataques, fazendo com que Titania nos mostre uma grande variedade de suas armaduras. Porém ela não tinha muito poder mágico restante e decidiu usar todo poder que lhe restava para atacar invocando a espada das fadas, Benizakura. Nesse momento a luta fica mais equilibrada, no entanto, usando o poder da árvore, Azuma quase a derrota por completo. Quando tudo parecia acabado Erza escuta a voz de Jellal, o que a faz voltar ao combate. Graças a seus companheiros e aos laços que os unem, Erza consegue derrotar Azuma.


Natsu chega a catedral para enfrentar Laxus já que ele é o único que sobrou na batalha da Fairy Tail. Após todos conseguirem destruir o Átrio do Trovão e salvar a cidade a luta realmente começa, Natsu porém é mais fraco do que Laxus que quase o pulverizou se Gajeel não tivesse chegado a tempo e o salvado. Após isso eles decidem juntar forças para derrotarem Laxus que já está fora de controle. Nesse confronto é revelado que Laxus também é um Dragon Slayer (sim, uma incrível batalha de Dragon Slayers), porém diferente de Natsu e Gajeel, ele não foi treinado por um dragão e adquiriu sua magia graças a uma lacrima. Natsu e Gajeel não tem chance contra ele que até mesmo usa a Fairy Law (uma magia poderosa que elimina tudo que o usuário considera inimigo), porém para a surpresa de Laxus a magia não afeta a guilda, revelando assim seus verdadeiros sentimentos. Só que ele não aceita isso e ainda confuso acaba sendo vencido por Natsu e Gajeel.


Bom era isso, todas essas lutas foram incríveis; espero que tenham gostado! Vocês concordam? Acham que faltou alguma? Comentem! See you Again desu!

2 comentários:

Inuzuka Yukari disse...

Fairy Tail está repleto de batalhas épicas... O renascer do Demônio Mirajane foi incrível, também gosto muito do confronto com o Laxus... totalmente d+, muito bom. *-*

Fayrin disse...

Realmente o renascer do poder de Mirajane foi incrível, sem falar na batalha de Lucy! E mais batalhas estão por vir! =D

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p