Qual dos novos Banners é seu favorito?

Toda Quarta-feira!

Avatar

Onis onidos já mais serão vencidos!

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Saaaaudações Otakus, Otomes, Chocobos, Moogles, Espers, Summons e demais criaturas não catalogadas acima!
Como vão? Espero que bem, kupo!

É com grande prazer que apresento-lhes meu amigo Merlin, o Oni! (o da direita, o da esquerda é o irmão gêmeo do mal dele, deixemos-o de lado.)
Digam oi ao Merlin, ele é tímido.
Nesta ilustre quinta-feira, Merlin me ajudará a explicar a vocês a história de seus irmãos, os Onis.
No folclore japonês, os Oni (cujos primos distantes são por nós conhecidos como Ogros ou Trolls por exemplo) são criaturas rústicas, comumente retratadas como enormes e grotescos monstrengos de pele colorida (as cores mais comuns são azul e vermelho) com cabelos selvagens, dentões expostos e curvados, chifres, e garras, portando uma grande clava de ferro e vestindo peles de animal para demonstrar sua ferocidade.
A origem do termo Oni possui duas explicações, vindas direto da China, país esse que na antiguidade teve muita influência no japão (introdução do budismo e da linguagem escrita através dos Kanji por exemplo).
Por vários carácteres chineses terem sido adaptados pelos japoneses, foram criados diversas formas de leitura para esses mesmos, um dele ficou conhecido como on'yomi, onde algum componente de uma palavra era oculto para facilitar o reconhecimento pois possuía fonetica diferente.
E como originalmente os Oni não eram nada mais do que deuses ou espíritos invisíveis que traziam consigo a desgraça, passaram a ter essas características, pois os chineses introduziram aos japoneses a crença de criaturas que conhecemos como fantasmas (tipo o Gasparzinho), então foi feita essa diferenciação entre os dois seres.
A segunda teoria trata-se de uma corrente de crenças influênciada pelo Budismo, chamada Onmyodo.
Para os japoneses, a direção nordeste era chamada de Kimon (algo como portão demoníaco), considerada um caminho de má sorte por onde espíritos ruins caminhavam, os chineses tinham um animal dos doze signos do zodíaco (lembrando que é o zodíaco chinês, é diferente do que estamos acostumado) para cada ponto cardeal, e o nordeste era conhecido como Ushitora, Vaca e Tigre.
Por isso os Oni eram retratados com chifres, dentes pontiagudos, garras e vestes tigrescas (?).

O Onmyodo é muito antigo, algo datado do século 5 ou 6, hoje é só visto como meras superstições, mas na época realmente acreditavam em tudo que nele estava listado, tanto que templos (alguns bem famosos) foram construídos nestas direções para espantar maus espíritos.
Alguns municípios comemoram anualmente no dia 3 de Fevereiro, véspera de primavera, um festival chamado Setsubun onde as pessoas jogam grãos de soja para espantar os Oni, gritando "Oni wa soto! Fuku wa uchi!" (Que saiam os Oni e entre a boa sorte).
Hoje alguns Oni até são usados na frente de estabelecimentos, tais como as Gárgulas, para espantar más energias, estes são conhecidos como Onigawara (vide foto).
Em alguns festivais, até se vestem como eles para espantar a má sorte.
Bom, o post de hoje fica por aqui!
Até semana que vem, cuidado com os Kappa quando forem nadar e lembrem-se que a onião faz a força. xP

 HEAR ME ROAR!

0 comentários:

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p